Quaresma #7 - Forum

Bem vindos ao forum dedicado ao Ricardo Quaresma, um grande talento do futebol e actual nr.7 do FC Porto!
 
HomeHome  FAQFAQ  SearchSearch  RegisterRegister  MemberlistMemberlist  UsergroupsUsergroups  Log in  

Share | 
 

 Entrevista a Quaresma

View previous topic View next topic Go down 
AuthorMessage
Daniela7
Super Membro


Number of posts : 439
Localidade : Braga_Capital do Minho
Registration date : 2006-03-07

PostSubject: Entrevista a Quaresma   Wed 31 May à 8:27

Quaresma: «Talvez Scolari me conheça pouco como pessoa»


Ricardo Quaresma fala em entrevista sobre a sua ausência do Mundial.

Maisfutebol: Depois do mau Europeu que fez passa-lhe pela cabeça que Scolari possa estar de alguma forma satisfeito e dê as suas exibições menos conseguidas nos sub-21 como justificação para a ausência no Mundial?

Quaresma: [Risos] Ele não tem que pensar isso, pois se viu os jogos do Porto sabe o meu valor. Isso ele nunca pode pensar, pois sabe o valor que tenho.

Por que é que acha que não foi convocado para o Mundial?
Sinceramente não sei. Nunca ninguém me disse nada e eu também nem quero saber.

Não quer saber porquê?

Porque eles é que são os treinadores e eles é que mandam. Os jogadores só têm que respeitar.

Pensa que Scolari mantém de si a imagem do miúdo que ainda não cresceu?

Ele não pode pensar isso de mim, porque como pessoa talvez me conheça pouco. Como jogador conhece-me muito. Já demonstrei muita coisa e considero-me um homem. Nunca vim para os jornais criticar ninguém, nunca atribuí culpas aos outros, sempre assumi responsabilidades e por isso considero-me um grande profissional e um grande homem.

Acredita que provou no F.C. Porto que já é um jogador de equipa e não um individualista, como se dizia no passado?

Se formos analisar esta época ninguém pode falar disso. Ajudei a minha equipa a conquistar dois títulos. Fiz golos, fiz assistências, fui regular¿

Mas isso não chegou para ser chamado à selecção A.
Para mim chegou e fiquei bastante feliz pela época que fiz.

Termina esta época de consciência tranquila?
Gostaria de acabar a época em grande sendo campeão da Europa. Não foi possível, mas vou de férias de consciência bastante tranquila.

Considera os 23 convocados como os melhores jogadores portugueses ou como um plantel que merece a confiança de Scolari?
[Risos] Não vou entrar por esse caminho. No mundo do futebol há coisas que nos surpreendem e uma das coisas que me surpreendeu foi não ir ao Mundial. Mas não vou comentar se é a equipa do mister Scolari ou se estão lá os jogadores que mereciam. Nunca pedi explicações a ninguém e nem quero saber por que é que não estou lá.

Da mesma forma que ficou surpreendido com a sua ausência, surpreendeu-o a chamada de algum jogador?
[Risos] Não me surpreendeu, até porque eu friamente já esperava ir aos sub-21. Tive esperança de ir ao Mundial mas depois algo me dizia que ia aos sub-21. Há coisas que nós pressentimos e eu pressenti que este Mundial ainda não era para mim.

Porquê? Sentiu falta de confiança na selecção A?
Não. O que senti foi falta de oportunidades, porque confiança em mim sempre tive e nunca me senti nem mais nem menos do que ninguém. O que fazem jogadores que lá estão eu também faço. Sei o valor que tenho, sei a grande época que fiz e como já disse respeito as decisões. Não perguntei nem vou perguntar a ninguém por que é que não fui chamado.

Então sente que não são os melhores que estão na selecção A?
Tenho que respeitar, pois cada treinador toma as decisões que entende e eu como jogador só tenho que respeitar. Não vou dizer se este ou aquele devem lá estar ou não, pois não sou treinador. Felizmente ainda sou jogador.

Se fosse treinador quais eram os seus 23 convocados?
Isso não vou dizer, pois não quero entrar em guerras com ninguém. Certamente tenho os meus 23.

Que não são aqueles¿
Se são ou não, não vou dizer. Eu pelo menos estava lá, mas como não sou eu a escolher¿

Incluía mais alguém da selecção sub-21 no lote dos 23?
Se calhar, porque há jogadores dos sub-21 que têm muito valor. Mas não somos nós que mandamos. Eu felizmente sou jogador e quando for treinador sou eu que vou decidir. Como ainda não sou treinador tenho que respeitá-los.

Na próxima época já não tem idade de sub-21. Irá de vez à selecção A?
Vou continuar a trabalhar para voltar a ter oportunidade da selecção A.


http://www.maisfutebol.iol.pt/noticia.php?id=689508&div_id=1194
Back to top Go down
View user profile http://www.freefotolog.net/bixo
Daniela7
Super Membro


Number of posts : 439
Localidade : Braga_Capital do Minho
Registration date : 2006-03-07

PostSubject: Re: Entrevista a Quaresma   Wed 31 May à 8:30

Quaresma e o Mundial: «Acho que estão a fazer festas a mais»


Ausente do Mundial, Ricardo Quaresma diz que vai ficar a torcer pela equipa. Em entrevista ao Maisfutebol, o extremo diz que é preciso no entanto uma abordagem cautelosa e defende que os portugueses estão a pensar demasiado alto.

Como é que vai viver este Mundial da Alemanha?
Como português e como jogador vou acompanhar a minha selecção e espero que eles façam um grande Campeonato do Mundo. Penso que todos os portugueses estão à espera disso.

O Ricardo Quaresma também?
Claro. Tenho amigos na selecção e desejo-lhes a maior sorte do Mundo, pois espero que façam um grande campeonato. Agora tenho de constatar que acho que os portugueses estão a pensar alto de mais. Temos que ver que somos Portugal e não somos o Brasil nem a Argentina.

Onde é que acha que Portugal pode então chegar?
Primeiro temos de passar a primeira fase.

Sente que as expectativas em redor da selecção A estão demasiado altas? Não acredita mesmo que Portugal possa ser campeão do Mundo?
Acredito, pois no mundo do futebol tudo é possível, agora não posso deixar de dizer que acho que estão a fazer festas a mais. Temos que ver que não temos um grupo tão fácil como as pessoas comentam. De todos os grupos o nosso até pode ser o mais acessível, mas teremos pela frente selecções complicadas e temos de ter em conta que num Mundial todos os países querem chegar o mais longe possível. É preciso ter calma, esperar, ter esperança na nossa selecção, mas ainda é muito cedo para festejar e dizer que vamos ser campeões.

No Mundial a desilusão pode ser maior do que no Europeu sub-21?
Se calhar¿ O Europeu foi uma desilusão para todos, até para os jogadores. Eu, quando acordei, depois da eliminação, pensei que era um pesadelo. E penso que os meus companheiros tiveram igual sensação. De cabeça mais fria, reflectimos sobre o que se passou e todos pensam que é um pesadelo. Se acontecer no Mundial o que se passou neste Europeu penso que será muito pior do que foi agora.
Back to top Go down
View user profile http://www.freefotolog.net/bixo
Daniela7
Super Membro


Number of posts : 439
Localidade : Braga_Capital do Minho
Registration date : 2006-03-07

PostSubject: Re: Entrevista a Quaresma   Wed 31 May à 8:32

Quaresma: «Adriaanse ensinou-me muito tacticamente»

Ricardo Quaresma em entrevista, no balanço da época no F.C. Porto.

Maisfutebol: Esta foi a melhor época de sempre do Ricardo Quaresma?
Quaresma: Como profissional foi.

Sente-se um jogador diferente?
Sinto. Sinto-me um jogador mais de equipa, mais maduro, mais completo. Aprendi muito este ano.

Aprendeu muito com Adriaanse ou porque sentiu que esta teria de ser a sua época?
O Adriaanse foi importante porque ensinou-me muita coisa. Sobretudo tacticamente. Ensinou-me quais os momentos em que tinha que passar e em que tinha que chutar. Isto era algo que eu há um ano talvez ainda não compreendesse muito bem. Foi muito importante para mim, mas é claro que eu também me meti na cabeça que tinha que evoluir. Fico feliz comigo mesmo porque consegui fazer o que o mister Adriaanse queria e o que eu queria também, que era evoluir e ajudar o F.C. Porto. Este foi o ano em que me consegui impor numa equipa recheada de grandes jogadores e cheguei a um ponto em que me sentia titular, algo que nos outros clubes nunca senti. É importante chegar a um clube e sentir que nos dão valor, carinho e importância. É bom sentir que a equipa está sempre à espera que tu consigas resolver e possas ajudar. Talvez tenha sido isso que me deu ainda mais vontade de trabalhar mais, para ajudar mais a minha equipa. Mas só fiz uma grande época derivado ao grupo que o F.C. Porto tem, que está recheado de grandes jogadores. Do guarda-redes aos que não eram convocados, todos eram grandes jogadores.

Situações que se passaram no F.C. Porto, como os afastamentos de Jorge Costa, Hélder Postiga e Diego, ou a perda de titularidade de Vitor Baía, ajudaram-no a crescer?
Claro que vamos aprendendo coisas de ano para ano e uma das coisas que aprendi é que as pessoas esquecem rápido. Aprendi muita coisa este ano, tanto a nível profissional como pessoal, e vi muita coisa que me faz trabalhar ainda mais de dia para dia para que não me aconteça a mim. Todos conhecem o Jorge Costa e o Baía e talvez o Jorge não tenha saído da melhor forma, mas são coisas que só as pessoas da SAD e o próprio Jorge Costa podem explicar. Sempre admirei o Jorge Costa e continuo a admirar. Desde que entrei no F.C. Porto ajudou-me muito e a verdade é que o futebol é momento e nós temos que aproveitar os momentos. Quando estamos num momento mau todos esquecem o nosso valor.

A entrada de Adriaanse, proibindo o uso de acessórios, como que vos pôs em sentido?
Isso são coisas que nós só temos que respeitar. Ele não disse que fora de campo não podíamos andar com brincos, chapéus, anéis ou fosse o que fosse. Dentro do espaço de trabalho pediu-nos para tirar e só temos que respeitar isso, pois nós também não podemos jogar com anéis ou brincos. Por isso, temos de treinar como jogamos.

Essas ideias chocaram-no?
Não me chocou nada. Houve muita gente que estava à espera que eu reagisse a isso, mas eu sempre soube lidar com isso. Se não ia jogar com acessórios também não ia treinar com eles e não me custou nada tirá-los.

O que é que foi determinante neste F.C. Porto? O afastamento de jogadores?
Acho que foi a maneira do Adriaanse trabalhar e se impor. Penso que ele ganhou a cabina, ganhou o respeito dos jogadores e que isso foi o mais importante.

Ele é um disciplinador?
É uma pessoa inteligente. Sabe lidar com os jogadores, todos sabemos que cada um tem o seu feitio e uma coisa que admiro no mister é que ele sabe lidar com o feitio de cada um e colocou todos a trabalhar da mesma maneira. Conseguiu adaptar as ideias dele a cada elemento do grupo e penso que isso é o mais importante numa equipa.
Back to top Go down
View user profile http://www.freefotolog.net/bixo
Andrea_Melissa#7
Admin


Number of posts : 209
Localidade : Luxemburgo/Pombal
Registration date : 2006-02-26

PostSubject: Re: Entrevista a Quaresma   Sun 4 Jun à 11:15

Muito obrigada Daniela! Eu ja tinha lido esta entrevista no Maisfutebol e gostei muito das respostas do nosso Quaresma!Wink

_________________
Back to top Go down
View user profile http://postigoal.hot.lu
Daniela7
Super Membro


Number of posts : 439
Localidade : Braga_Capital do Minho
Registration date : 2006-03-07

PostSubject: Re: Entrevista a Quaresma   Sun 4 Jun à 13:32

De nada linda...sempre ao dispor...Eu tb gostei mt das respostas...1 dia gostava de lhe fazer assim 1 entrevista... Very Happy
Back to top Go down
View user profile http://www.freefotolog.net/bixo
Sponsored content




PostSubject: Re: Entrevista a Quaresma   Today at 11:01

Back to top Go down
 
Entrevista a Quaresma
View previous topic View next topic Back to top 
Page 1 of 1

Permissions in this forum:You cannot reply to topics in this forum
Quaresma #7 - Forum :: Ricardo Quaresma :: Quaresma-
Jump to: